Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Sessão Solene outorga Título de Cidadão Erechinense a José Francisco Puente de Barros

Sessão Solene outorga Título de Cidadão Erechinense a José Francisco Puente de Barros

         “Um grande ralizeiro, assim podemos definir o nosso Fico, esta figura ilustre que, natural do município de Júlio de Castilhos, hoje brilha na cidade de Erechim”.

         Nascido em 1946, Fico é filho de José Antônio Onófrio de Barros e Maria Leonor Puente de Barros. É casado com Vanda Culau de Barros e, desta união, tiveram dois filhos, Taís e José Antônio de Barros Neto.

         Farmacêutico Bioquímico por profissão, é diplomado pela Universidade Federal de Santa Maria, Turma 1972. Iniciou a sua profissão como bioquímico do Hospital São Roque, no município de Seara, onde trabalhou por cinco anos. Em 1977 muda-se para Erechim, oportunidade que passa a trabalhar no laboratório do Hospital de caridade e, mais tarde, iniciou seu próprio negócio, o Laboratório Diagnóstico.

         No ano de 1996, a convite de Antônio Dexheimer, monta a primeira farmácia de manipulação do município e, posteriormente, inaugura a sua própria farmácia de manipulação.

         “Esportista e apaixonado por automóveis, já participava de provas de automobilismo em Tarumã e, ao chegar em Erechim, começou a participar do Erechim Auto Esporte Clube na organização do que na época eram chamados os Kilômetros de Arrancada, momento em que despontaram nomes que marcaram aquela época dourada para os amantes da velocidade e suas máquinas maravilhosas”.

         Sua primeira aventura no Rally de Regularidade Estadual foi o Rally das Praias de 1982. No ano de 86, já como piloto da Perdigão, foi convidado para participar do Rally Internacional de Velocidade em Punta Del Este, no Uruguai. No ano seguinte participa da prova do Campeonato Mundial (WRC) em Córdoba, na Argentina.

         Em 1997, juntamente com o EAEC, fez uma viagem para Córdoba para assistir a prova do WRC, momento em que retornaram com a certeza que poderiam organizar uma prova de Rally Velocidade em Erechim. “Foi onde tudo começou, pois em 1988 organizaram o primeiro Rally Velocidade de Erechim, ocasião em que Fico ligava para pilotos e amigos do Brasil e Mercosul para que viessem conhecer nossa cidade e participar da competição”.

         Entusiasmados, Fico e demais organizadores estavam certos de que esta seria a maior prova de Rally e levaria o nome de Erechim para o Brasil, América do Sul e o resto do mundo. “Em 2008 é escolhido como o primeiro Patrono do Rally Internacional de Erechim e em 2009 é o diretor de Rally Velocidade da Federação Gaúcha de Automobilismo, voltando a reorganizar o Campeonato Gaúcho de Rally”.

         Clarice destaca que o homenageado é conhecido mundialmente como o Fico de Erechim e atualmente se encontra como presidente do Conselho Deliberativo do EAEC. “O evento é um importante capítulo da história, pois é através dele que o nome da cidade tem sido levado aos quatro cantos do mundo A dimensão é tamanha, que seu impacto se estende para toda a região do Alto Uruguai. Sua significativa evolução, nos últimos anos, tem garantido a ocupação máxima da rede hoteleira de Erechim e região, como uma grande movimentação financeira no que diz respeito à alimentação e comércio”, pontua.

         “Graças ao Rally e ao trabalho de mais de 1200 voluntários, campanhas de arrecadação de alimentos são realizadas e rendem toneladas, que são repassadas ao Programa Mesa Brasil, vindo a beneficiar mais de 30 entidades da nossa cidade e região. Na última edição ultrapassou mais de 15 mil toneladas”.

         “Também temos que destacar a ação entre os pilotos e alunos das escolas municipais, que inclui atividades como a confecção de protótipos de carros de corrida com material reciclável e palestras com competidores do Rally. Uma maneira de aproximar ainda mais o público jovem do esporte e do evento. O nosso muito obrigado pela sua contribuição para com este município. Erechim, como todo o resto do Brasil ama seus automóveis, a velocidade, o ronco dos motores e seus pilotos”.

          Em sua manifestação, Fico destacou o momento como de muita emoção. “Um orgulho e muita honra em receber o título por esta Casa, agradeço a todos os vereadores, em especial Clarice Moraes, como a todos as pessoas que conheci em todos os lugares por onde já passei. Destaco aqui, o trabalho e a dedicação da direção do EAEC que fazem, voluntariamente, o Rally acontecer, dando ênfase a todos os voluntários. Uma prova que fomenta, nos dias de competições, uma grande circulação de pessoas e dinheiro no comércio local e regional. Sou feliz por ser trabalhador, honesto e ético”. 

registrado em: