Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Formada a Comissão Especial para apoiar manutenção dos empregos e auxiliar na busca de soluções para evitar leilão dos frigoríficos da Cotrel

Formada a Comissão Especial para apoiar manutenção dos empregos e auxiliar na busca de soluções para evitar leilão dos frigoríficos da Cotrel

         O Poder Legislativo formou, na noite desta segunda, a Comissão Especial para apoiar a manutenção dos empregos e auxiliar na busca de uma solução para evitar o leilão dos Frigoríficos de Aves e Suínos de propriedade da COTREL, hoje arrendados pela Cooperativa Central Aurora de Alimentos. Leilão está marcado para os dias 26 de agosto e 09 de setembro deste ano.

         Ficaram como presidente Anacleto Zanella, Vice Presidente Ernani Mello e Secretaria, Eni Scandolara. Também fazem parte da mesma, como Titulares, os vereadores Edgar Marmentini, Fernando Barp, Claudemir de Araújo, Luiz de Brito e Leandro Basso. Como Suplentes, Silvio Ambrózio, José da Cruz e Marcos Lando. 

         Parlamentares autores destacam que é de conhecimento público que os dois frigoríficos da COTREL, arrendados há vários anos pela Aurora irão a leilão por determinação da Justiça Federal, devido a uma execução fiscal impetrada pela Fazenda Nacional em função de impostos não recolhidos no passado. 

         “Todos são sabedores dos problemas sociais gravíssimos que esse fato poderá acarretar, pois são aproximadamente três mil trabalhadores e suas respectivas famílias que serão afetadas. São milhares de agricultores que trabalham na cadeia de carnes na região do Alto Uruguai que sofrerão também graves consequências. Além disso, será enorme o impacto negativo no comércio, nos serviços e em todos os setores da economia local e regional, inclusive para o Poder Público Municipal e da AMAU. Destaca-se, inclusive, que o prefeito Paulo Polis, preocupado com a situação, já está realizando reuniões com a direção da Cotrel e da Aurora, como com a Justiça Federal, buscando auxiliar na busca de uma solução para esta situação”, pontuam os vereadores.