Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Comitê Permanente da ERS 135 se reúne e define metas e ações que envolvem cobranças a EGR e o COREPE

Comitê Permanente da ERS 135 se reúne e define metas e ações que envolvem cobranças a EGR e o COREPE

Encontro serviu para dar continuidade aos trabalhos e ações desenvolvias, como definiu, como meta a ser cumprida, o envio de solicitação para a vinda à Erechim do Presidente da EGR e do Conselho Regional das Estradas Pedagiadas, a fim de darem maior esclarecimentos com relação a duplicação da via, trevos de acesso e melhoria que são necessárias e urgentes.

 Comitê tem a finalidade de elaborar estudos, propor melhorias sobre a segurança, proteção e obras em toda a rodovia e sua duplicação na região. Fazem parte um vereador de cada bancada, com representação na Câmara Municipal, indicados pela respectiva liderança de bancada.

         Tem assento os representantes das Pastas de Obras e Habitação, Agricultura, Planejamento e Orçamento Participativo, Segurança Pública e Proteção Social, Procuradoria Regional do Estado, Empresa Gaúcha de Rodovias, Universidade Federal da Fronteira Sul, Associação dos Municípios do Alto Uruguai, DAER, Polícia Rodoviária Estadual e Conselho Comunitário das Regiões Pedagiadas (COREPE).

         Também fazem parte como representante no Comitê Regional, a Associação dos Moradores da Linha Zero, Associação de Moradores da Linha Taboão, Associação de Moradores de Capo-Erê, Associação de Moradores do Bairro Peccin, OAB e CREA/RS. As deliberações do Comitê permanente da ERS 135 serão tomadas mediante maioria absoluta dos representantes das entidades membros.

 Na oportunidade, além da presença dos vereadores Luiz de Brito, Zé da Cruz, Araujo, Eni Scandolara, Leandro Basso e Lucas Farina, representante do gabinete de Ernani Mello, os secretários Salus Loch, Jorge Psidonik, Anacleto Zanella, procuradoria jurídica do Executivo, representante da EGR/RS, DAER/RS, COREPE, UFFS, CREA, OAB, OP, Procuradoria Geral do Estado e representantes da comunidade de Capoerê.

Na abertura dos trabalhos Fernando Barp destacou a importância do Comitê, após a conclusão do acesso a Universidade Federal da Fronteira Sul pelo município, como também da necessidade de se resolverem outros problemas urgentes que devem ser resolvidos com a maior brevidade possível. Entre as indagações, as possibilidades do uso do recurso do Pedágio de Coxilha para a realização das obras e melhoria da pista.

Luiz de Brito salientou que a região do Alto Uruguai é a que mais contribui na arrecadação dos recursos do pedágio, portanto deve ter uma atenção maior no que se refere a melhoria da estrada por parte do atual governo. “Tanto o governo anterior, como o atual, nada definiram com relação a duplicação da ERS 135, que passa a ser uma utopia, já que governo não tem recursos para isto”.

Representante da EGR destacou que a drenagem junto ao trevo da UFFS estaria em processo de licitação, visto a sua urgência e, quanto a duplicação, garantiu que projeto já foi desenvolvido, mas é um processo que demora muitos anos. “Existem outros projetos a serem desenvolvidos, mas que não se garante recursos para a sua execução. Melhoria do acesso ao Taboão segue a mesma linha da Comunidade Linha Zero”.

Lucas Farina questionou o valor divulgado sobre o montante que estaria nos cofres da EGR, ou seja, cerca de R$ 5 milhões, pois conforme arrecadação anual deveria estar na casa dos R$ 12 milhões.

Zé da Cruz apontou a necessidade de uma maior agilidade no âmbito das negociações com a EGR, pontuando para que se convoque o presidente do órgão para vir até Erechim e dar as devidas explicações sobre os questionamentos levantados até então.

Ilton Benoni, da UFFS lembrou das ações dos Poderes Públicos para a execução das obras que deram o reinício das aulas após acidente envolvendo um ônibus que levava estudantes à universidade. “Não podemos caminhar sem uma bússola, portanto, Comitê deve assumir a tarefa de cobrar as melhorias de imediato. A continuidade dos trabalhos desta é um passo positivo”.

Jorge Psidonick destacou que não se pode pensar em duplicação sem uma ciclovia e, se não for possível a duplicação, que se façam terceiras faixas em pontos de estrangulamento. “Não é aceitável, após seis meses depois ainda termos convido com a falta de um dreno junto ao trevo”.

Anacleto destacou que, se existe dinheiro em caixa, se que façam as obras emergenciais e de curto prazo.

Leandro Basso disse não acreditar na EGR, pois prometeu a drenagem junto ao trevo de acesso e até hoje nada foi feito. “Não há credibilidade nas promessas feitas pela EGR”.

Por fim, Fernando Barp ressaltou que serão encaminhados ofícios aos presidentes da EGR e COREPE solicitando para que venham até nosso município onde, em outra reunião do Comitê, se façam presentes e coloquem as suas manifestações na Mesa de Trabalhos, como respondendo aos questionamentos que estão em aberto na região. Outro ofício se refere sobre as melhorias urgentes no trevo de acesso a Capoerê, drenagem no trevo da universidade, recuperação asfáltica próxima ao bairro Peccin e outras localidades da RS como o acesso a Linha Zero.

Jeaeffibe
Jeaeffibe disse:
01/05/2019 17h27
Viagra Einnahme Gesundheit Penicillin And Cephalexin Together Buy Fluconazole [url=http://cialviag.com]cialis prices[/url] Nolvadex Vente
Stevuncozy
Stevuncozy disse:
03/06/2019 19h26
Cialis Richtig Anwenden [url=http://bestlevi.com]levitra generic lowest prices[/url] Buy Synthroid Online Usa Acheter Dapoxetine Online No Prescription
LesTork
LesTork disse:
20/06/2019 13h05
Expired Amoxicillin Pills [url=http://antabusefast.com]buy antabuse online discount[/url] Viagra Pfizer 100mg Price Propecia Liver Saw Palmetto
Comentários foram desativados.