Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Aprovada moção dos vereadores Soccol e Araújo que sugere a compensação de impostos pagos a segmentos impedidos de trabalhar

Aprovada moção dos vereadores Soccol e Araújo que sugere a compensação de impostos pagos a segmentos impedidos de trabalhar

Na última segunda-feira (8), durante a realização da quarta sessão ordinária do Poder Legislativo erechinense em 2021, os parlamentares aprovaram por unanimidade a moção apresentada pelos vereadores Renan Soccol (Progressistas) e Claudemir de Araújo (PTB), que sugere a elaboração de um plano de ação para auxiliar comerciantes e demais segmentos enquanto estiverem, em virtude as restrições causadas pela pandemia, impedidos de executarem suas atividades. Os parlamentares acreditam que uma compensação dos valores pagos em impostos estaduais e municipais pode ser uma alternativa nesse sentido, visando amenizar o impacto dos prejuízos que têm se acumulado.

Com todo o Rio Grande do Sul enquadrado na bandeira preta do Sistema de Distanciamento Controlado adotado pelo governo estadual, restringindo de forma mais rígida o funcionamento de diversos segmentos, Soccol e Araújo afirmam que deve ser elaborada uma contrapartida a esses estabelecimentos afetados. “Essas ações podem ocorrer por meio de liberação de créditos com juros subsidiados, além de suspensão e abatimento na cobrança de tributos, com vistas a permitir que tais segmentos possam retomar suas atividades quando a situação estiver normalizada”, observa o vereador, ressaltando que é necessário mais diálogo para enfrentamento da crise. “Só assim iremos amenizar as perdas financeiras que o setor produtivo gaúcho tem enfrentado desde 2020 e ainda enfrentará ao longo deste ano” completam.

Após a aprovação no plenário da Câmara, a moção foi encaminhada ao governo do Rio Grande do Sul, ao presidente da Assembleia Legislativa e à Casa Civil do estado.

registrado em: ,