Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadora Eni Scandolara destaca premiação recebida pela senadora Ana Amélia

Vereadora Eni Scandolara destaca premiação recebida pela senadora Ana Amélia

por Carlos Alberto da Silveira publicado 09/08/2017 10h03, última modificação 09/08/2017 10h03
Vereadora Eni Scandolara destaca premiação recebida pela senadora Ana Amélia

Eni Scandolara

Um dos reconhecimentos mais honrosos em sete anos de mandato foi recebido pela senadora Ana Amélia (PP) na noite de terça-feira (08), em São Paulo: o Prêmio Octavio Frias de Oliveira, na categoria Personalidade de Destaque em Oncologia.

Criada em 2010 a premiação é uma iniciativa do ICESP - Instituto do Câncer de SP que tem como objetivo incentivar e premiar a produção de conhecimento nacional na prevenção e combate ao câncer. A premiação acontece anualmente e é concedida em três categorias:  Personalidade de Destaque em Oncologia; Pesquisa em Oncologia; e Inovação Tecnológica em Oncologia.

A parlamentar é autora do projeto de lei que agiliza as pesquisas clínicas com novos medicamentos, em conjunto com os senadores Waldemir Moka e Walter Pinheiro. Também é autora da lei obrigando planos de saúde a fornecer a quimioterapia oral aos clientes com câncer e da lei da mamografia adaptada às mulheres com deficiência. A senadora ainda relatou a lei, já em vigor, que obriga o SUS à reparação da mama na mesma cirurgia para a retirada do tumor e também a lei que exige o início do tratamento em até 60 dias a partir do diagnóstico. “Compartilho essa distinção com minha equipe, consultoria do Senado e, especialmente, com todos os pacientes de câncer. Esse reconhecimento me estimula a trabalhar ainda mais em ações na área da saúde”, enfatizou a senadora Ana Amélia.

Também receberam o prêmio a doutora e pesquisadora Clarissa Ribeiro Rocha, na categoria Pesquisa em Oncologia, responsável por estudo para ampliar a eficácia do tratamento contra o glioma (tipo mais comum de câncer de cérebro), e a equipe da Faculdade de Medicina da USP, liderada pela médica Adriana Vaz Safatle Ribeiro, na categoria Inovação Tecnológica, por conta de estudo que avaliou o uso de sonda a laser na endoscopia para rastrear tumores de esôfago em pacientes que tiveram câncer de cabeça e pescoço.

Cada escolhido recebeu R$ 16 mil reais e um certificado. No caso da Senadora Ana Amélia o valor do prêmio será doado ao Instituto do Câncer Infantil de Porto Alegre.

A vereadora Eni Scandolara (PP) ressalta que para o Partido Progressista é uma honra ter uma representante como Ana Amélia no Senado. “Somos sabedores que seu mandato é colaborativo e mostra que a sociedade pode participar da política. Levamos ao Congresso Nacional uma mulher competente, que conhece as necessidades de nosso Estado e País, e que entre outras bandeiras defende a assistência aos pacientes com câncer. Ana Amélia mais uma vez merece o nosso reconhecimento pelo trabalho e dedicação ao povo brasileiro”.

Ao fazer uso da tribuna a vereadora lembrou com carinho que o Poder Legislativo Erechinense promoveu no mandato do vereador José Rodolfo Mantovani (PP), no ano de 2010, o Fórum dos Direitos dos Portadores de Câncer, onde Ana Amélia foi mediadora do evento. “Na oportunidade ela havia firmado um compromisso em trabalhar em prol dos Direitos dos Portadores de Câncer e publicar uma cartilha abordando o assunto... e assim o fez. A senadora cumpriu com a palavra assumida, e lançou em 2011, o Manual de Cidadania do Paciente de Câncer. A obra é baseada no livro Câncer – Direitos e Cidadania, da Dra. Antonieta Barbosa. Posteriormente continuou este belo trabalho voltado aos pacientes com câncer”.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.