Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Grupos étnicos querem reeditar a Praça Temática nos 100 anos de Erechim

Grupos étnicos querem reeditar a Praça Temática nos 100 anos de Erechim

por Carlos Alberto da Silveira publicado 18/09/2017 13h40, última modificação 18/09/2017 13h40

 

         O presidente do Poder Legislativo, vereador Ale Dal Zotto, demais parlamentares, secretários municipais e equipe do Governo Municipal que estavam presentes junto ao Plenário da Casa receberam na manhã desta segunda, representares de grupos étnicos de Erechim que buscam parceria entre os Poderes Públicos para executarem o projeto da construção temática para os 100 anos de Erechim “A Festa das Nações”.

         Na justificativa da iniciativa o centenário do município que acontece no ano que vem. “Data especial de comemorações, mas também de homenagens aos nossos antepassados. Todas as etnias que aqui chegaram foram fundamentais para o nosso conhecimento, nos deixando um legado ético, econômico, social e cultural que deve ser preservado e divulgado”.

         Para as etnias, resgatar a Festa nas Nações é prestar esta homenagem e colocar no calendário anual que aqui é a nossa casa e terra que os acolheu e que ainda hoje guardam seus feitos, seus ensinamentos e lembranças.

         Entre os objetivos está a homenagem aos imigrantes que aqui chegaram e construíram significativamente para o crescimento e desenvolvimento de Erechim, valorizar e divulgar a nossa história para toda a comunidade e resgatar e organizar a Festa das Nações envolvendo as etnias.

         Entre as etnias a serem representadas estão a italiana, alemã, polonesa, israelita, afro descendente, espanhola, russa, portuguesa, ucraniana, francesa, indígenas, albanesa e gaúcha.

         Também no projeto está a construção de réplicas representativas de casas típicas, torre Eiffel – francesa, moinho típico – espanhol, galpão gaúcho e espaço para afros e índios. Palco para apresentações, iluminação de efeito na prefeitura e Castelinho, som e utilização para apresentar para a comunidade a história do município, suas origens e costumes através das artes.

         Cada etnia apresentará seus espetáculos envolvendo as artes cênicas, danças, cantos típicos e jogos. As réplicas serão usadas para a comercialização de comidas típicas e artesanato. Em cada réplica será exposto banners, fotos dos primeiros imigrantes e sua história, bem como pequeno museu representativo da etnia. 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.