Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Gilson Serafin e Márcio Pavoni requerem envio de Votos de Congratulações ao CAOL

Gilson Serafin e Márcio Pavoni requerem envio de Votos de Congratulações ao CAOL

por Carlos Alberto da Silveira publicado 16/08/2017 09h40, última modificação 16/08/2017 09h40
Gilson Serafin e Márcio Pavoni requerem envio de Votos de Congratulações ao CAOL

Sede do Caol

 Aprovada por unanimidade, pedido dos vereadores Gilson Serafim e Márcio Pavoni, no qual requerem o envio de votos de congratulações ao CAOL, Centro de Apoio Oncológico Luciano, fundado em 1998, pelos 19 anos de trajetória pelo apoio à pacientes em tratamento oncológico. Dirigido por uma equipe de voluntários, têm como missão manter a casa em pleno funcionamento para as pessoas que buscam o serviço, bem como ter um cuidado com a saúde emocional dos mesmos.

 O Centro de Apoio Oncológico Luciano é uma entidade sem fins lucrativos que foi criada para oferecer apoio, conforto e melhores condições de vida aos pacientes de câncer. “A criação desta entidade partiu do encontro de um grupo de pessoas dispostas a abraçar a ideia de montar uma casa que abrigasse as pessoas que com suas doenças necessitassem de apoio psicológico, carinho e companhia. Posteriormente foi montado um cronograma de ações, o qual deu suporte para iniciar voluntariamente os trabalhos do Centro”.

 Entre as diversas atividades iniciais surgiu o slogan "Faça Parte da Turma do Bem", pela necessidade de ser ter pessoas que comungassem das ideias de trabalhar voluntariamente para uma causa nobre. Mais tarde, criou-se outra opção de uma frase motivadora à causa: "Seja Solidário. Seja Voluntário". Com estes slogans a comunidade passou a identificar a Entidade e suas causas nobres, participando na manutenção da casa.

 Desde a sua inauguração, milhares de pacientes já passaram pelo CAOL. “Em média passam por lá 600 pessoas por ano, de 117 municípios do Estado. A casa está disponível de segunda à sexta-feira, podendo o paciente, se necessário, estar acompanhado por um familiar. Oferece também 80 leitos, sala de reuniões, cozinha e área externa. Dispõe de uma equipe de voluntários que tem como missão manter a casa em pleno funcionamento para as pessoas que buscam o serviço”, pontuam.

 Parlamentares lembram que pessoas ou empresas podem contribuir com quantidade fixa por mês, trimestre, semestres ou ano. Outra forma de captação de recursos utilizada pelo CAOL é a venda de produtos promocionais com a marca CAOL, como camisetas, bomba de chimarrão e outros.

 “Os projetos e programas desenvolvidos são adequados conforme os grupos de usuários, mas basicamente é oferecido: Programas de Apoio ao Usuário como de Reiki e Deekcha; Programa de Atendimento Psicológico; Programa de Reflexão e Oração: Programa de Ajardinamento e Horticultura; Cão Terapeuta; Bazar Solidário ( gratuito); integração Lúdica e Oficinas. Também é referencial no repasse das informações do Instituto Nacional do Câncer sobre a doença, direitos dos pacientes oncológicos do município e região, perante os órgãos públicos”, finalizam 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.